Graus de Alumínio

Dependendo dos elementos de liga e do tratemtno térmico, a classificação do alumínio pode exibir uma ampla variedade de propriedades, desde boa aparência, fácil fabricação, boa resistência à corrosão, a relação de força-peso elevada, boa soldabilidade e alta tenacidade a fratura.

A seleção da classificação do alumínio apropriada depende do tipo de aplicação e das condições de trabalho.

Classificação do Alumínio Série 1xxx

Essas classificações do alumínio (1050, 1060, 1100, 1145, 1200, 1230, 1350 etc.) são caracterizadas pela excelente resistência à corrosão, alta condutividade térmica e elétrica, baixas propriedades mecânicas, e excelente trabalhabilidade. Aumento moderado na resistência pode ser obtido através no encruamento. Ferro e silicone são as principais impurezas.

Classificação do Alumínio Série 2xxx

Essas ligas de alumínio (2011, 2014, 2017, 2018, 2124, 2219, 2319, 201.0; 203.0; 206.0; 224.0; 242.0 etc.) requerem que sejam solubilizados para obterem ótimas propriedades; Na condição de solubilização, as propriedades mecânicas são similares, e as vezes excedem, aqueles de aço de baixo carbono. Em algumas situações, a precipitação do tratamento térmico(aging- envelhecimento) é empregado para aumentar as propriedades mecânicas. Esse tratamento aumenta a resistência de escoamento, perda no alongamento; seu efeito sobre a resistência à tração não é tão grande.

As ligas de alumínio na série 2xxx não possuem boas condições de resistência a corrosão como a maioria das ligas de alumínio, e sob determinadas condições podem estar sujeitos a corrosão intergranular. A série 2xxx são boas para peças que exigem boa resistência a temperaturas até 150°C (300°F). Exceto pela série 2219, essas ligas de alumínio têm a soldabilidade limitada, porém algumas ligas nesta série possuem usinabilidade superior. A série 2024 é a liga mais popular e a mais comum usada nas construção de aeronaves.

Classificação do Alumínio Série 3xxx

Essas ligas de alumínio (3003, 3004, 3105, 383.0; 385.0; A360; 390.0) geralmente são não tratadas termicamente mas têm 20% mais resistência que as ligas de alumínio da série 1xxx. Porque somente uma limitada porcentagem de manganês (até 1,5%) pode ser efetivamente adicionada ao alumínio, manganês é usado como elemento principal em apenas poucas ligas.

Classificação do Alumínio Série 4xxx

O principal elemento de liga na série 4xxx (4032, 4043, 4145, 4643 etc.) é o silicone, que pode ser adicionado em quantidade suficientes (até 12%) para diminuir substancialmente a variação do ponto de fusão. Por essa razão, as ligas de alumínio-silicone são usadas em soldagem de cabos/fios e como ligas de brasagem para unir o alumínio, onde a variação do ponto de fusão menor que o requerido do metal de base. As ligas de alumínio que contém quantidades apreciáveis de silicone tornam-se de cinza escuro para preto quando óxido anódico aplicados acabam e consequentemente estão em demanda nas aplicações de arquitetura.

Classificação do Alumínio Série 5xxx

O principal elemento de liga é o magnésio; Quando é usado como o maior elemento de liga ou com o manganês, o resultado da liga é de moderado a alto a resistência e a dureza. Magnésio é considerado um endurecedor mais efetivo que o manganês - algo em 0,8%Mg sendo igual a 1,25%Mn - e pode ser adicionado em quantidades muito maiores. As ligas de alumínio na série (5005, 5052, 5083, 5086, etc.) possuem boa característica de soldagem e relativamente uma boa resistência à corrosão em ambientes marinhos. Porém, limitações deveriam ser colocadas na quantidade de trabalho a frio e operações em temperaturas (150°F) permissíveis para que a maior liga de alumínio-magnésio evite a suscetibilidade de quebra por tensão-corrosão.

Classificação do Alumínio Série 6xxx

As ligas de alumínio na série 6xxx contém silicone e magnésio aproximadamente em proporcões necessárias para a formação do C (Mg2Si), e assim tornando-os tratáveis termicamente. Embora não seja tão forte quanto as ligas 2xxx e 7xxx, as ligas de alumínio da série 6xxx possuem boa formabilidade, soldagem, usinabilidade e relativamente boa resistência à corrosão e RESISTÊNCIA média. A classificação neste grupo de tratados termicamente pode ser formado na T4 (Solubilizado mas não precipitado ) e fortalecido depois de formar nas propriedades de T6 pela precipitação por tratamento térmico.

Classificação do Alumínio Série 7xxx

Zinco, na quantidade de 1 a 8% é o maior elemento de liga da série 7xxx (7075, 7050, 7049, 710.0; 711.0 etc.), e quando combinado com uma pequena quantidade de magnésio, resulta em ligas tratáveis termicamente de resistência moderada a muito alta. Normalmente outros elementos, tanto cobre e cromo, são também adicionados em pequenas quantidades. As ligas da série 7xxx são usadas em estruturas de fuselagem, equipamentos portáteis, e outras peças altamente tensionadas. Quanto maior for a resistência que as ligas de alumínio da série 7xxx apresentam, menor a resistência por corrosão e são frequentemente usados um leve superenvelhecimento para fornecer a melhor combinação de resistência, resistência à corrosão, e tenacidade a fratura.

Classificação do Alumínio Série 8xxx

A série 8xxx (8006; 8111; 8079; 850.0; 851.0; 852.0) é reservada para outros elementos de liga diferente daqueles usados nas séries 2xxx até 7xxx. Ferro, níquel são usados para aumentar a resistência sem perder a condutividade elétrica significativamente, e são úteis nas ligas condutoras como 8017. A liga Alumínio-Lítio 8090, que tem alta resistência e rigidez excepcional, foi desenvolvida para aplicações aeroespaciais. A liga de alumínio na série 8XXX corresponde ao Sistema Numérico Unificado A98XXX etc.

Classificação do Alumínio Série 9xxx

Esta série não está sendo atualmente usada.



A Total Materia propriedades de metais do mundo inteiro num pesquisável e integrado banco de dados. Rápido e fácil acesso às propriedades mecânicas, composições químicas, tabelas de referências cruzadas, fornece aos usuários uma riqueza extraordinária de informações. Clique no botão abaixo para um test drive pelo banco de dados da Total Materia.

Graus de Alumínio na Total Materia

O banco de dados da Total Materia inclui especificações de propriedades de mais de 30.000 ligas de alumínio de todo o mundo. Composições químicas, propriedade mecânicas e físicas, referências cruzadas e mais que podem ser facilmente visualizadas.

Encontrar por uma liga de alumínio no banco de dados é muito fácil e leva apenas segundos. Por exemplo, vamos verificar algumas propriedades da CLASSIFICAÇÃO do alumínio 6061 de acordo com a SAE.

Simplesmente use a Pesquisa Rápida na Home assinantes e digite a designação do material e selecione SAE na lista das normas.

Graus de Alumínio: Procure pela grau de alumínio SAE 6061

Após clicar no material na lista de resultados, a lista do subgrupo aparecerá. Na Total Materia termo "subgrupo" se refere as especificações que definem as propriedades da liga de alumínio que definem as propriedades da liga de alumínio; Neste caso a especificação da norma SAE MAS 4113 é selecionada. Note-se que definido, de acordo com especificações diferentes podem diferir significativamente.

Graus de Alumínio: Lista de especificações que define as propriedades da liga de alumínio SAE 6061

Composição, referências cruzadas e propriedades do alumínio com grau SAE 6061 podem então ser revistas, clicando nos links apropriados, veja os exemplos abaixo.

Graus de Alumínio: Composição química do alumínio com  grau  SAE 6061
Graus de Alumínio: Composição química do alumínio com  grau  SAE 6061
Graus de Alumínio: Tabela de referência cruzada do alumínio com  grau  SAE 6061